top of page
teamwork-making-online-blog.jpg

Inspiração: como os hotéis e restaurantes criam ambientes aconchegantes e como reproduzi-los

Pensando em ambientes aconchegantes e confortáveis, o que vem à mente? Um hotel, um restaurante, um local? Se você reparar, a maioria dos lugares que achamos agradáveis e intimistas possuem um padrão parecido de iluminação. Isso porque a luz é peça fundamental para mudar a atmosfera dos espaços, podendo gerar desde um clima de atenção, até um de bem-estar e tranquilidade.

Apesar de estarmos em um momento em que ficar em casa é a melhor forma de garantir segurança e proteção, não precisamos deixar de sentir aquela experiência inesquecível de um bom hotel ou restaurante, proporcionada por um projeto luminotécnico de qualidade. O que podemos aprender com esses lugares e que é relativamente fácil de reproduzir em casa? Confira!


Ambientes aconchegantes: o papel da iluminação

Diversas vezes, nos hotéis ou restaurantes, um mesmo espaço tem diferentes ambientes. Nos lobbys ou áreas de circulação, seguidamente fica a recepção – que necessita de uma luz que facilite a visualização de documentos, por exemplo – e um local de descanso, para aguardar a liberação do quarto ou de uma mesa. Como é possível, portanto, criar esses dois ambientes no mesmo espaço físico?

Isso é um dos papéis fundamentais da iluminação. Antes ela era utilizada apenas para clarear o local, e tornar funcionais as noites escuras; hoje, vai muito além disso. A luz tem a função de transformar as experiências, aflorar sensações e até sentimentos. Por isso, pensar na iluminação adequada para cada proposta e situação – ainda que até no mesmo local – pode potencializar momentos incríveis.

A técnica da luz baixa ou do contraste adequado?

Uma luz com menor intensidade proporciona um ambiente mais aconchegante. No entanto, para causar essa sensação de tranquilidade e relaxamento, não necessariamente a luz precisa ter intensidade baixa. Às vezes, é tudo questão de contraste. O mais importante, portanto, é criar um equilíbrio entre a iluminação das superfícies do ambiente: o que causa cansaço visual e, consequentemente, outros desconfortos como dor de cabeça, é quando nosso olho precisa ficar se ajustando às diferenças de luz e reflexo dessas superfícies de uma forma muito brusca e frequente.

Não é adequado, por exemplo, utilizar, em um ambiente com superfícies predominantemente escuras, apenas luzes focais em cima de cada mesa. Como o restante das cores do ambiente é muito preta, o cliente acaba tendo a percepção de que aquela luz é muito clara, prejudicando sua experiência. Uma iluminação bem pensada e programada faz com que nosso olho descanse, aliviando as tensões e provocando relaxamento.


Temperatura de cor da lâmpada: faz diferença?

Uma luz fria e azulada pode ser ideal para a cozinha de um restaurante ou para a lavanderia de um hotel. Mas ela causa uma sensação de conforto? Na maioria das vezes, não. Para que o local fique, de fato, aconchegante, é necessário optar por produtos com tons mais quentes e amarelados. É importante ressaltar que o “quente” e “frio” abordados aqui são relacionados à temperatura de cor, e não à temperatura da lâmpada. Se você escolher um produto LED, o mesmo não irá produzir calor.

Outra questão essencial é observar o IRC da lâmpada, ou seja, o Índice de Reprodução de Cor. Ele representa o quão fiéis à realidade as cores serão vistas com a utilização daquela iluminação. Por exemplo, um livro azul pode ficar mais esverdeado, ou uma parede branca mais amarelada, dependendo do IRC. Quanto mais perto de 100, melhor a qualidade de reprodução de cor.


Produtos que você pode ter em casa

São muitas as opções de iluminação de baixa intensidade e temperatura de cor quente, para que você possa criar ambientes aconchegantes. No entanto, alguns produtos são naturalmente charmosos e intimistas, favorecendo muito esse clima. Confira algumas dicas!


Lâmpadas dimerizáveis

As lâmpadas dimerizáveis proporcionam mais alternativas e possibilidades. Esse recurso torna ainda o produto mais flexível, permitindo que você use a mesma lâmpada para realizar uma leitura, por exemplo, que requer mais luminosidade; e ver um filme, que permite uma claridade muito baixa, quase zero.


Fitas LED

Como já falamos anteriormente, as fitas são uma ótima opção para uma iluminação indireta e difusa. Disponíveis em várias temperaturas de cor, existem ainda aquelas que unem o charme do produto ao recurso dimerizável.

Lâmpadas decorativas âmbar ou black

Essas aqui são esteticamente especiais. Os formatos assimétricos asseguram um ambiente autêntico e cheio de personalidade. O conforto luminoso causado pela cor do vidro da lâmpada – âmbar ou black – também vai totalmente de acordo à proposta intimista.


Dicróicas

As dicróicas são lâmpada mais delicadas, utilizadas em luminárias e abajures pequenos. São muito interessantes para uma luz de apoio, com efeito leve e agradável.

Velas

Já falamos delas anteriormente: para um jantar romântico seguro e igualmente charmoso.


Spots e perfis


Os spots são ideais para favorecer objetos decorativos e arquitetônicos. Para uma proposta acolhedora, é preciso tomar cuidado para não exagerar na quantidade, tornando o ambiente claro demais. Os perfis são alternativas para quem gosta de uma iluminação simétrica e elegante.


Bulbo RGBWW Inteligente Wi-fi LED

A Bulbo RGBWW possui controle via aplicativo ou LightSense. Através dela, é possível chegar a 16 milhões de cores e tonalidades, nas mais variadas intensidades. Ela possui, inclusive, os tons de branco frio, neutro e quente. Dessa forma, além de abrir um leque imenso de possibilidades, você compra um produto automatizado, tecnológico e acessível.


LightSense para cenas de luz

Já pensou criar todos esses ambientes de forma automatizada e programada? Isso é possível através da tecnologia Brilia LightSense de controle de iluminação por Wi-Fi. Composta por dispositivos que são instalados diretamente no circuito de luz e conectados à internet, LightSense permite personalizar toda a iluminação dos mais diferentes ambientes e locais.

Com Lightsense é possível personalizar a iluminação, transformando espaços, criando cenários exclusivos, com personalidade e conceito próprios. Além disso, garante-se uma maior sustentabilidade, principalmente com o uso de lâmpadas LED.


4 visualizações

Comments


Posts Em Destaque
Procurar por tags
Nenhum tag.
Posts Recentes
bottom of page