top of page
teamwork-making-online-blog.jpg

Como Iluminar ambientes de trabalho?



A ABNT NBR ISO/CIE 8995-1:2013 é a Norma Brasileira que estabelece os requisitos para a iluminação adequada em ambientes de trabalho. Ela é referenciada na Norma Regulamentadora NR-17 que trata de vários requisitos de ergonomia e pela Norma de Higiene ocupacional, NHO-11 que é específica para iluminação e é aplicável aos diversos locais de trabalho.

A NBR 8995 estabelece critérios para a iluminação artificial em ambientes de trabalho, como escritórios, indústrias, hospitais, fábricas e escolas. Ela define valores mínimos de iluminância, que é a quantidade de luz necessária para executar adequadamente as atividades laborais. Uma iluminação apropriada é essencial para garantir a saúde, segurança e bem-estar dos trabalhadores, prevenindo problemas visuais, fadiga, falta de concentração e acidentes.

A norma considera fatores como o tipo de tarefa, a idade e habilidade visual dos funcionários, além da distribuição da luz no ambiente. Ela classifica os níveis de iluminância de acordo com a exigência visual específica de cada atividade.

Funcionários saudáveis e confortáveis no ambiente de trabalho tendem a ser mais motivados e produtivos, o que gera melhores resultados para a empresa.


Parâmetros de referência para diferentes aplicações:

 

Fábricas: Iluminação de alta intensidade (500-750 lux) e direcional para áreas de precisão. Iluminância de 300-500 lux em espaços gerais. Uniformidade essencial para evitar sombras e reflexos. A temperatura de cor neutra/fria 5000K é recomendada, pois aumenta o grau de atenção dos indivíduos.



Centros de Distribuição: Iluminação LED versátil de 200-300 lux. Uniformidade moderada, evitando zonas escuras. Temperatura de cor de 4000-5000K para equilíbrio de visibilidade e conforto visual.



Ambientes Comerciais: Combinar iluminação geral e decorativa. Iluminância de 500-1000 lux em áreas de destaque e 300-500 lux em locais menos frequentados. Temperatura de cor de 3000-4000K em áreas de venda para ambiente acolhedor e até 5000K em áreas operacionais.




 

Como garantir iluminação LED conforme as normas técnicas?

 

Para implementar um sistema de iluminação LED em conformidade com as normas técnicas, é essencial realizar uma avaliação minuciosa do ambiente a ser iluminado. A seguir alguns dos fatores a serem avaliados para um correto projeto:


Tipo de Espaço:

Identifique o tipo de ambiente comercial (escritório, loja, restaurante, fábrica, hospital, etc.) e suas necessidades de iluminação específicas. Relacionando com os requisitos especificados pelas normas específicas.

Considere fatores como altura do teto, layout do espaço e atividades realizadas no local.

 

Eficiência Energética:

Opte por luminárias de LED com alta eficácia energética, que proporcionam economia de energia. Analise o consumo de energia e o custo operacional a longo prazo. Uma luminária com maior eficácia, mesmo sendo um pouco mais cara que uma luminária com menor rendimento, acaba gerando economia a longo prazo.

 

Distribuição Luminosa:

Certifique-se de que a luminária tenha a distribuição de luz desejada (uniformidade, direcionamento, etc.). Tenha em mente que a distribuição luminosa é tão importante quanto o fluxo luminoso. Uma luminária com um conjunto ótico eficiente irá direcionar a luz para onde realmente é necessário, melhorando ainda mais o desempenho energético, e evitando desperdícios.

Nem sempre um maior “lumens por Watt”, representa um melhor resultado de iluminância no ambiente de trabalho!

 

Fluxo luminoso:

Verifique se a luminária fornece a quantidade correta de luz (medida em lúmens) para o tamanho e uso do espaço. Tenha em mente que precisará distribuir a luz em todo o ambiente assim precisará determinar a quantidade de pontos a serem instalados, para evitar o ofuscamento e a melhor uniformidade da luz no ambiente.

 

Aparência e Design:

Escolha um design que se harmonize com o estilo e a estética do ambiente comercial. Considere a qualidade de acabamento e a integração visual da luminária com o espaço.

 

Facilidade de Instalação e Manutenção:

Verifique se a luminária é fácil de instalar e se a manutenção é simples. Prezando por produtos que ofereçam maior expectativa de vida e com isso reduzindo os gastos com manutenção, que por vezes podem custar mais do que a própria luminária.

Leve em conta a acessibilidade do local e a segurança do produto.

 

Recursos Adicionais:

Analise se a luminária possui recursos como controle de intensidade, sensores de presença ou conectividade inteligente, que podem melhorar a eficiência e a experiência do usuário.

 

Garantia e Suporte:

Prefira uma marca que possa lhe oferecer uma boa garantia e suporte técnico. Isso pode ajudar a garantir a correta especificação do produto e a resolução de eventuais problemas.

 

A Equipe de Engenharia e projetistas da Brilia, poderá auxiliar com os melhores produtos e Projeto Luminotécnico para sua necessidade!

 

79 visualizações

Comments


Commenting has been turned off.
Posts Em Destaque
Procurar por tags
Nenhum tag.
Posts Recentes
bottom of page